12 chá para gordura no fígado

  Fetleverte

O fígado é um órgão indispensável para manter a saúde dos organismos. Ele age como um tipo de filtro para toxinas e substâncias nocivas em nosso corpo. Além disso, também participa da produção de bile, importante substância para metabolizar macronutrientes como gordura proveniente da ingestão de alimentos.

Mas os maus hábitos e uma dieta desequilibrada podem levar à formação de gordura no corpo, o que pode ser muito perigoso para a saúde. Condições como obesidade, diabetes tipo 2 ou consumo excessivo de álcool também podem contribuir para o acúmulo de gordura no fígado.

A gordura no fígado é uma condição cada vez mais comum que afeta cerca de 25% da população e mais de 2 milhões de brasileiros por ano. Felizmente, existem algumas ervas que podem ajudar a eliminar esse problema e vamos falar sobre quem é a melhor gordura adolescente no fígado e discutir suas propriedades benéficas para o corpo.

Gordura no fígado

A presença de gordura no fígado é chamada de estátua de gordura ou fígado. Esse acúmulo geralmente ocorre devido ao aumento da ingestão de gordura através da dieta devido a problemas específicos de saúde, como colesterol alto ou resistência à insulina, ou mesmo devido a maus hábitos, como abuso de bebidas alcoólicas.

O fígado é o maior órgão do nosso corpo e também um dos mais importantes. Trata-se de transformar alimentos em nutrientes e energia para nossas funções vitais e remover toxinas do sangue.

Embora a mudança de hábitos e ajustes na dieta sejam indispensáveis ​​para eliminar a gordura no fígado, algumas ervas também têm o poder de ajudar nessa tarefa e preservar a saúde do corpo.

Basicamente, existem dois tipos de manifestação de gordura no fígado: doença hepática gordurosa sem álcool e doença hepática alcoólica

– doença hepática

A doença hepática gorda ou estática hepática isenta de álcool se manifesta quando a causa da gordura no fígado não está relacionada para consumo de álcool. É normal que o fígado tenha uma pequena quantidade de gordura. No entanto, se 5 a 10% do peso corporal total for gordura, o indivíduo já pode ser considerado portador de esteatose hepática.

De acordo com American Liver Foundation os fatores de risco para o desenvolvimento incluem condições de saúde pré-existentes, como diabetes, colesterol alto e obesidade. No entanto, a doença também pode ser vista em pessoas que não têm esses fatores de risco. Geralmente, a esteatose hepática não causa complicações e pode ser revertida com o tratamento adequado.

No entanto, se ignorada, a doença pode causar inflamação que danifica as células que formam o fígado. Causa complicações como fibrose ou tecido cicatricial, uma condição na qual as células do fígado são danificadas e morrem, comprometendo a função do órgão.

– Doença Hepática Gordurosa Alcoólica

Doença Hepática Hepática ou Esteatose A doença hepática alcoólica é uma conseqüência comum para aqueles que abusam do álcool. Se não for tratada, esta condição pode evoluir para cirrose hepática, onde a lesão hepática é muito intensa e pode danificar permanentemente o órgão. Causas principais

Em poucas palavras, as principais causas e fatores de fatores de risco que podem contribuir para o acúmulo de gordura no fígado são: [Obesidade]: Obesidade: [16459007] A obesidade pára de desencadear um processo inflamatório leve que pode causar armazenamento de gordura no fígado. Estima-se que entre 30 e 90% dos adultos com sobrepeso apresentam status hepático não alcoólico.

  • Resistência à Insulina: A resistência à insulina ou a presença de altos níveis do hormônio no sangue tende a aumentar a gordura no fígado em pessoas que sofrem de diabetes tipo 2 e síndrome metabólica.
  • Alto Consumo de Carboidratos Refinados: Freqüentes e grandes quantidades de carboidratos refinados podem facilitar o acúmulo de gordura no fígado, especialmente se o excesso de carboidratos for ingerido por pessoas com excesso de peso ou resistentes à insulina. Além disso, o consumo de bebidas doces, como refrigerantes, sucos e bebidas energéticas que são ricos em frutose, contribui para o acúmulo de gordura no fígado em crianças e adultos.
  • Problemas na saúde intestinal: Novos estudos indicam que um desequilíbrio nas bactérias intestinais ou problemas na barreira intestinal podem aumentar o risco de desenvolver esteatose hepática sem álcool
  • Sintomas importantes

    Na maioria dos casos, as pessoas não percebem os sintomas no estado do fígado. Além disso, nem sempre se manifestam. No entanto, é importante prestar atenção se você notar um ou mais dos seguintes sintomas através da manifestação de sintomas ou alterações nos resultados dos exames de sangue:

    • Fadiga ou fraqueza
    • Níveis elevados de insulina no sangue
    • enzimas hepáticas como AST (aspartato transaminase) e ALT (alanina transaminase. Se a gordura no fígado não for tratada inicialmente, a condição pode se tornar esteato-hepatite, uma complicação da esteatose hepática. Neste caso, sintomas como:

      • Náusea;
      • ] Vômito;
      • Icterícia onde os olhos e a pele ficam amarelados
      • Dor abdominal moderada a grave

      Quando você percebe algum desses sintomas, é importante procurar um médico para realizar testes de rotina e diagnosticar a presença ou não de gordura. é positivo, é possível reverter a situação porque o acúmulo de gordura nos órgãos ainda não causou danos irreversíveis ao fígado.

      Além das mudanças É nos hábitos diários e mudanças na dieta podem endurecer as teorias que ajudam a reduzir a gordura no fígado.

      gordura do fígado

      1. O chá verde

      O chá verde é preenchido com nutrientes e compostos interessantes para reduzir a gordura no fígado. Uma dessas substâncias é o epigalocatequina-3 galato (EGCG), um composto de polifenol que atua como um antioxidante que protege as células e tecidos dos danos dos radicais livres. Além de proteger vários tecidos, um estudo publicado em 2008 Journal of Nutrition mostrou que o EGCG administrado a ratinhos com estado de fígado durante 4 semanas resultou em inflamação dos órgãos prejudicada e reversão da doença do fígado gorduroso.

      Quando esse tratamento foi prolongado por 16 semanas, os benefícios foram ainda maiores. Os ratos tratados a longo prazo tiveram uma diminuição no ganho de peso corporal e percentual de gordura corporal.

      De acordo com da Universidade de Maryland Medical Center nos Estados Unidos, uma xícara de chá verde contém 50 a 150 miligramas de polifenóis. Embora não haja dose padrão recomendada, University of Maryland indica que é possível beber 2-3 xícaras de chá verde diariamente para observar os benefícios da bebida

      2. Dandelion Tea

      O chá-de-leão é um dos melhores chás para gordura no fígado. Esta planta ajuda a eliminar toxinas e regular a presença de gordura no fígado. Ele também regula os níveis de colesterol, o que promove a saúde do coração e impede o acúmulo de gordura no fígado lesionado.

      A recomendação é beber chá duas vezes ao dia, de preferência de manhã e à noite, logo após as refeições principais, para obter melhores resultados. Use apenas 1 colher de sopa de dente de leão em uma xícara de água morna e deixe a mistura infundir durante 5 minutos.

      No entanto, pessoas que sofrem de cálculos biliares, úlceras, gastrite, azia ou aqueles que estão usando drogas diuréticas ou suplementos de lítio ou potássio não são recomendados para usar este chá. Mulheres grávidas e lactantes também não são recomendadas para tomar chá de dente de leão.

      3. Boldo chá

      Boldo é popularmente conhecido como a planta ideal para o tratamento do fígado. O chá de boldo é bom porque facilita e regula a secreção da bílis e facilita a eliminação da gordura dos órgãos. Desta forma, é um dos assuntos mais recomendados de gordura hepática.

      Para preparar a bebida, basta adicionar uma colher de chá de boldo a uma xícara de água morna e deixar que ela seja infundida por pelo menos 10 minutos antes de beber. Recomenda-se beber no máximo 3 xícaras de chá dolly por dia antes das principais refeições. Alguns gostam de mastigar o papel alumínio.

      Este chá é contra-indicado para pessoas que sofrem de diarréia freqüente, porque doro tem propriedades de lamber, para pessoas que usam anticoagulantes porque é um anticoagulante natural que pode aumentar a eficácia da droga, para mulheres grávidas ou amamentando e para pessoas com problemas renais. Além disso, não é recomendado usar o boldo por mais de 5 dias consecutivos sem orientação médica e não deve ser tomado continuamente por mais de três semanas consecutivas.

      4. Cardo Mariano

      Cardo de leite, maconha ou silimarina são excelentes para eliminar toxinas que se acumulam no corpo e regulam a presença de gordura no fígado. Também pode reduzir a inflamação nos órgãos e regenerar o tecido danificado do fígado em pacientes com doença hepática.

      Este é um chá bastante tradicional que tem sido usado há mais de 2000 anos para tratar problemas no fígado e na vesícula biliar. Estudos confirmam que o cardo de leite sozinho ou em combinação com a vitamina E ajuda a reduzir a resistência à insulina, inflamação e danos no fígado em pessoas com doença hepática.

      É indicado que você tome até 3 xícaras por dia de chá, que deve ser preparado com 1 colher de sopa de sementes de cardo de leite para cada xícara de água. Seu uso deve ser evitado por mulheres grávidas ou lactantes, diabéticas e hipertensas.

      5. Alcachofra

      Alcachofra é um diurético natural que ajuda a reduzir a absorção de gordura do corpo, o que contribui para a saúde do fígado.

      Além de poder comer alcachofra através da adição em várias receitas, também pode ser usado para fazer chá. Basta misturar uma colher de chá de alcachofras em uma xícara de água morna. Recomenda-se beber até 3 xícaras por dia.

      6. Citronte

      Citron tem vários nutrientes e antioxidantes que são benéficos para a nossa saúde. Além disso, ajuda a eliminar a gordura no corpo, incluindo o fígado.

      Para preparar o chá, você deve colocar as cascas e massa de limão em 1 litro de água. É aconselhável beber um copo grande todas as manhãs. Também pode ser tomado gelado, mas para efetivamente remover gordura, é melhor manter o chá quente para ajudar a limpar o fígado e o intestino.

      7. Chá de Casca de Borotutu

      Este chá é uma das mais poderosas teorias de gordura do fígado associadas à limpeza e suporte do sistema digestivo.

      Seus componentes antioxidantes ajudam a proteger as células do fígado de danos adicionais, promovendo uma recuperação mais rápida do órgão durante o tratamento do fígado gorduroso.

      Para preparar chá, recomenda-se usar uma colher de sopa da escala seca para cada litro de água fervente e permitir que ele seja infiltrado em ca. 3 minutos.

      8.

      Durante séculos, os povos indígenas da Amazônia usaram o chá de quebra de pedra para ajudar o corpo a se livrar das toxinas do fígado, da vesícula biliar e até mesmo das pedras nos rins.

      Além desses benefícios, a pedreira acalma o fígado inflamado e estimula a eliminação da gordura e de quaisquer substâncias tóxicas no órgão.

      O chá de quebrar pedra pode ser feito usando um punhado de folhas secas da planta para cada litro de água quente. Em seguida, infundir por cerca de 10 minutos e tensão.

      9. Chá de celidonia

      As pessoas da Grécia e Roma antigas consideravam a celidonia uma das ervas mais poderosas para promover a limpeza do fígado. Segundo os especialistas, a celydonia é bastante benéfica para o fígado e também para outros órgãos. Este chá ajuda a estimular a produção de enzimas pancreáticas, a eliminar as toxinas presentes no fígado, a estimular a produção de bílis, a aliviar os espasmos da vesícula biliar e o melhor funcionamento do fígado como um todo.

      O chá pode ser preparado com 1 colher de chá de celidonia seca para cada xícara de água fervente. Deixe a mistura ser infundida por cerca de 10 minutos e terminada.

      10. Chá de raiz de chicória

      A raiz de chicória é outra erva medicinal com propriedades para limpar o fígado. De acordo com a medicina tradicional e estudos recentes, as folhas e a raiz da chicória podem ser usadas para tratar várias doenças do fígado, incluindo doenças do fígado. Além disso, pode auxiliar na remoção de pedras na vesícula biliar e auxiliar no tratamento de condições como cálculos urinários, indigestão, constipação, depressão e dores de cabeça.

      Prepare este chá, coloque 1 colher de chá de chicória em uma xícara de água fervente e deixe derreter por cerca de 15 minutos.

      11. Hortelã

      A hortelã-pimenta é uma espécie de hortelã-pimenta que ajuda a estimular o fluxo biliar e a relaxar os canais biliares, o que ajuda na quebra das moléculas de gordura.

      Como vantagem, isso inibe os bloqueios de chá em órgãos como rins e vesícula biliar, e pode ajudar a reduzir os níveis de colesterol ruim, o que facilita a função hepática na eliminação de toxinas. ajuda a melhorar a digestão.

      Para aproveitar ao máximo os benefícios da hortelã-pimenta, você prefere usar a folha fresca da planta. Use cerca de 2 colheres de sopa de folhas de hortelã fresca para meio litro de água fervente. Deixe infundido por cerca de 10 minutos e puxe a bebida.

      12. Berberis O Berberis é uma substância encontrada nos vegetais da família de plantas Berberis que proporciona benefícios para a saúde, como baixar os níveis de açúcar no sangue, insulina e colesterol. O chá de berberina também é útil para pessoas que sofrem de gordura no fígado. Em um estudo de quatro meses com 184 pessoas com esteatose hepática, observou-se que o grupo que tomava um suplemento de berberina até 3 vezes ao dia durante a refeição apresentava 52% de redução da gordura do fígado e melhora da sensibilidade à insulina. Isto sugere que o chá pode ser muito eficaz na remoção do excesso de gordura no fígado.

      O chá de berberina deve ser tomado antes das refeições. É possível preparar o chá através do extrato na forma de pó contido em produtos naturais. Basta adicionar uma colher de chá de pó de berberina em uma xícara de água fervente e deixar a mistura infundir por alguns minutos antes de beber e beber.

      Outros para gordura no fígado

      Outros chás que podem ajudar uma pessoa com esteatose hepática a reduzir o processo inflamatório e eliminar ou impedir o acúmulo de gordura no órgão incluem: chá oolong, chá de açafrão, Rato doca amarelo, ispagulete e

      Além do leite no fígado, existem alguns suplementos alimentares e vitaminas que também podem ajudar a reduzir e retardar a progressão da doença. Isso se aplica, por exemplo, ao ômega 3, que pode melhorar a saúde do fígado em pessoas com doença hepática.

      A presença de ácidos graxos ômega-3 na dieta ajuda a eliminar a gordura no órgão. Para esses benefícios, é importante usar 500 a 1000 miligramas de suplementos de ômega-3 por dia para crianças e até 4000 miligramas diariamente para adultos.

      Outros hábitos, como o exercício e a manutenção de uma dieta saudável, facilitam o tratamento da pessoa com o status do fígado e ajudam a perder gordura de forma mais rápida e eficaz, prevenindo a progressão da doença.

      Perda de peso, se você está com sobrepeso e a redução do consumo de carboidratos e gorduras que não são saudáveis ​​também ajuda a melhorar a saúde do fígado.

      Além disso, é importante incluir gorduras insaturadas saudáveis, proteínas de boa qualidade e fibra alimentar na dieta.

      O exercício do exercício é essencial para eliminar a gordura do fígado e reparar os danos ao órgão. Não importa se você está fazendo exercícios de alta ou baixa intensidade, o importante é incluir esse hábito no seu dia para não apenas beneficiar o fígado, mas também sua saúde.

      ] Clique aqui para voltar a comprar e enviar -western-diet # 1

    • https: //www.ncbi.nlm.nih.gov / pmc / artigos / PMC4763469 /
    • https://www.sciencedaily.com/releases/2013/08/130816153019. htm
    • https://www.globalhealingcenter.com/natural-health/ top-9 limpeza de ervas para o fígado
    • https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0955286316304715? via% 3Dihub

    Já experimentou algum destes chás para gordura no fígado? Você conseguiu bons resultados de reduzir ou reverter a condição? Comente abaixo!

    nota Existe uma classificação incorporada neste post, por favor, visite este post para avaliá-lo.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *